domingo, 18 de dezembro de 2011

Você já amou alguém de verdade, sem pesar nos defeitos?

Já amei de verdade; mas se amar é esquecer os defeitos, me ensinaram errado...
Sempre aceditei naquela frase: "Gostar é quando você conhece o lado bom de uma pesssoa e quer ficar perto dela, amar é quando você conhece os defeitos de uma pessoa e ainda assiim quer estar ao seu lado todos os dias de sua vida."

Não é mais assim??Poxa... nesse caso nunca amei ninguém... *-*

Alana Parvtí.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Oi povo!!

Tava aqui meio sem nada pra fazer e resolvi gritar para os quatro ventos... EU PASSEI DE ANO!!!
#todoomundopassadeano
E passei direto! Hahahaha muito feliz, apesar das notas baixas...
Ninguém é perfeito, não é verdade?

Férias!!!

Não que eu vá sair todos os dias como seria o sonho de todos aqui, mas...
Férias são férias, certo??

Beijundas, povo!!

Alana Parvatí.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Mudar o Mundo - Inuyasha

Quero mudar o mundo
Cruzar os céus e nada temer
Séculos passam num segundo
No brilho de um sorriso
Tem a força que me guia
É o paraíso

Sempre em busca de uma nova razão
Atravessando a escuridão
De repente, a luz do amor
Ilumina o coração

Tudo parece se transformar
A água, o fogo, a terra e o ar
A vida ganha um novo sentido,
Uma nova emoção,
Um novo colorido

Quero mudar o mundo
Caminhar sem olhar pra trás
Com você eu encontrei a paz
Nas asas de um sonho
Não vou me perder jamais

''mudar minha mente''
Um novo mundo à nossa frente
Nada vai me fazer parar se você me amar
O mundo inteiro vai mudar
É o paraíso.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Achei interessante divulgar isso aí:



site: http://www.socorristas.org.br

Tem muitos cursos legais e informações super-interessante e importantes sobre socorrismo e primeiros socorros!
Deem uma olhada...

Alana Parvatí.

sábado, 3 de dezembro de 2011

^^


"O desabafo pode ser a última gota que falta cair antes do mar de lágrimas."

Qual o problema com os pais??

Estávamos assistindo ao filme "Confiar".
Tá, beleza, a menina é meio burrinha, não entende que foi estuprada e etc, mas pow, daí a meus pais ficarem o filme inteiro comentando...
-Nossa, ela realmente acha que o cara amava ela?
-É mesmo, tem que ser muito ingênua para acreditar nisso...
-Blábláblá
-Blábláblábláblá

Qual foi?!? Não entendem que eu quero ver o filme?
Claro que a parte pior só vem no final: Estão vendo, é assim que acontece... Qualquer pessoa pode ser um estuprador! E na maioria é um pai de família ou algo assim...

Tudo bem; eu já entendi!!! Mas será que dá pra pelo menos esperar rolarem os créditos para começar a lição de moral???

Aí quando eu falo ainda reclama: - Tudo bem, eu calo a boca; mas você pode comentar qualquer coisa durante o filme que ninguém liga... Eu não posso nem falar uma coisa que é verdade.

Aí é que está a questão! Você falam verdades que ninguém precisa ouvir, eu faço comentários interessantes...

Não consegui em nenhuma parte do filme deixar uma lágrima rolar sem ouvir um comentário ridículo ou sarcástico do tipo de lição de vida...


-> Foi mal, só um desabafo.
Pra melhorar as coisas vim ler no PC; resolvi digitar isso antes e minha mãe aparece com a GRANDE PIADA DO DIA:
-Querida, você está lendo em braile?

o.o

Dá pra acreditar??

Alana Parvatí.

sábado, 26 de novembro de 2011

domingo, 20 de novembro de 2011

-> Falar sobre o sistema tendo como base o filme "Tropa de Elite 2":

Não gosto do sistema como está agora, mas não sei o que posso fazer para melhorar.
Não tenho vida política ativa nem conhecimento político suficiente para dizer o que fazer, como melhorar. Ninguém vai conseguir extrair muito mais de mim, porque não tenho mais nada para falar.

Para não deixar de citar alguém que entende do assunto:

"Eu cheguei à seguinte conclusão: não adianta consertar o resto; consertar a gente: ajuda pra caramba."

Renato Russo em show no Metropolitan, em 1994.

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

In time to fix things ...

Em um ano tudo pode mudar. Melhor quando muda para o bem.
Tomara que o próximo ano seja melhor.

domingo, 6 de novembro de 2011

Divulgando:

Galera, passei aqui rapidinho pra divulgar a banda de uns amigos meus: Banda Strages.
Canal no YouTube: http://www.youtube.com/user/BandaStrages
Deem uma olhada lá!!

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Velha Infância

Você é assim:
Um sonho pra mim
E quando eu não te vejo
Eu penso em você,
Desde o amanhecer
Até quando eu me deito

Eu gosto de você
E gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo
Meu melhor amigo é o meu amor.

E a gente canta
E a gente dança
E a gente não se cansa
De ser criança
E a gente brinca
na nossa velha infância

Seus olhos meu clarão
Me guiam dentro da escuridão
Seus pés me abrem o caminho
Eu sigo e nunca me sinto só.

Você é assim um sonho pra mim
Quero te encher de beijos
Eu penso em você desde o amanhecer
Até quando eu me deito

Eu gosto de você e gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo,
O meu melhor amigo é o meu amor.

E a gente canta
A gente dança
A gente não se cansa
De ser criança,
A gente brinca na nossa velha infância.

Seus olhos meu clarão,
Me guiam dentro da escuridão...

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Homo Sapiens Sapiens - somos mais evoluídos?

Qual o ser mais evoluído?

Estou um tanto confusa, pois sei o que dizem sobre sermos os animais mais evoluídos; mas faltam-me tantas características... Por exemplo: meu sistema de defesa é falho, meu sistema imunológico é falho, meu sistema de locomoção não é tão rápido, não tenho garras nem dentes afiados para me defender nem caçar; ainda que tenha meu cérebro.

Cheguei a uma linha de pensamento em que não acredito que haja um ser mais evoluído que o outro, pois cada um tem suas características, sua forma de agir, seu tipo de vida que ajudam a viver em um determinado ambiente onde outros seres não são capazes de se adaptar.
Se não fosse verdade, a seleção natural já teria se encarregado de "eliminar" estes animais.

-> Texto adaptado.
Fonte: http://br.answers.yahoo.com/dir/index;_ylt=AsLu_Gix.lkcafMmRrU_lSyuC3RG;_ylv=3?sid=396545122

=D

domingo, 30 de outubro de 2011

"É verdade que todos têm uma alma gêmea?"

Também estou a fim de descobrir... Se existe, por que demoramos tanto a encontrá-la? Talvez a dor transforme o gosto do reencontro o melhor que podemos sentir... São apenas palpites. Quem pode afirmar?

domingo, 23 de outubro de 2011

sábado, 15 de outubro de 2011

Não estou tentando argumentar.

Só acho que estou certa e não vou mudar de opinião.
Não importa o que todos acham, o que todos pensam.
É assim que eu sou e nada que eu conheça pode mudar isso.
Só queria poder ser melhor.

Quem se importa se é o que eu sinto, não é?

Quem se importa se é piegas?
É o que EU sinto!
Não me interessa se você não gosta;
Aliás, me interessa completamente, mas
Não posso fazer nem dizer nada que mude o que sinto.

Não é você, sou eu...
E não me arrependo disso,
Em nada.
Estou sendo totalmente egoísta, então
Me ensine como não ser.

Juro que vou tentar.

domingo, 9 de outubro de 2011

Chuva...

Na chuva fica tudo tão mais bonito... O verde das folhas, a claridade solar atravessando nuvens brancas ou cinzas, o cheiro de terra molhada. Até o banco de madeira com estrutura metálica verde parece se adequar melhor à paisagem no pátio da escola.
Sentimos falta dos animais, e é nessa hora que percebemos como eles FAZEM falta! O barulho da chuva unido ao som do vento lembram uma música há muito esquecida; uma música calma,tranquila, em que mal percebemos voz, mas sabemos que ela está lá.
As copas das árvores balançam fortemente e já não sei se suas raízes podem segurá-las por muito mais tempo.
Alguns raios cortam o céu e um trovão ensurdecedor assusta a todos. Passamos a prestar mais atenção aos feixes luminosos acima de nós.Fora da escola,vários prédios com pára-raios e, em um deles, uma senhora na janela, gritando desesperadamente com um menininho - seu neto - que brincava de correr na chuva.
Passados os trovões e a gritaria, o sol volta ainda sem força, mas já iluminando algumas árvores mais altas. As nuvens correm rápido e já é possível encontrar azul no céu.
Agora só chove embaixo das árvores que balançam, e o clima com certeza mudará drasticamente.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

É normal, não é?

"Beijar 100 numa noite? é normal! zero na prova? é normal! roupas vulgares? que que tem? é normal! anorexia e bulimia? é normal! ficar bebado? normal. humilhar? é normal! bater? é normal! xingar então... muuuito normal! matar? normal! agora me diga, afinal, o que não é normal?"

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

No meio do caminho...

No meio do caminho não tinha mais uma pedra.
A vida ficou leve como uma pluma;
Clara como a água da mais limpa fonte:
No meio do caminho, tinha apenas uma passagem ampla,
por onde passava quem quisesse.

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Oração do Socorrista

Que Deus me permita a todos os instantes alcançar o conhecimento necessário, para Ajudar a quem precisa e ajudar a quem não acha que precisa. Que o único objetivo seja sempre ajudar sem distinção nenhuma. Que eu possa transpor todos os obstáculos, físicos e mentais, para cumprir minha missão de ajudar. Que eu possa antes de tudo, estar bem comigo mesmo: para ajudar quem precisa. Que eu possa ser um instrumento, uma ferramenta na construção de um mundo melhor. E que mesmo sob mais forte das tempestades o meu trabalho e o da minha equipe possam SEMPRE estar sob o teu comando Pai, pois está escrito: "amai uns aos outros como eu vos amei". Amém.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

->

Os ventos que as vezes tiram
algo que amamos, são os
mesmos que trazem algo que
aprendemos a amar...
Por isso não devemos chorar
pelo que nos foi tirado e sim,
aprender a amar o que nos foi
dado.Pois tudo aquilo que é
realmente nosso, nunca se vai
para sempre...

terça-feira, 23 de agosto de 2011

terça-feira, 16 de agosto de 2011

De "O Ateneu"

“Aqui suspendo a crônica das saudades. Saudades verdadeiramente? Puras recordações, saudades talvez se ponderarmos que o tempo é a ocasião passageira dos fatos, mas sobretudo – o funeral para sempre das horas.”

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Amo-te a ponto de odiar-me

Amo-te além da capacidade que uma pessoa tem
de realmente amar.
Amo-te a nível de uma paixão ardosa e subvertida
que nunca irá realmente me alegrar.
Amo-te a ponto de garantir-lhe ser mais seguro se afastar de mim,
que se aproximar.
Amo-te a tal ponto, que morreria sem a certeza de que tu,
apenas existes para me alegrar.

Odeio-me agora por saber que não posso viver contigo,
Odeio-me por poder lhe botar em perigo.
Odeio-me simplesmente por não mostrar-lhe isto,
Sempre depois me contradigo.

Enfim,
Amo-te até o fim,
E odeio-me ainda assim.

Vivo, convivo, sobrevivo.

Sempre pensando em ti.


Parvatí*

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Por Lúcia:

"Quando me deito todas as noites antes de dormir, fecho os olhos e penso no dia de amanhã. Sempre me imagino com você, como se fosse possível. Dormo e sonho contigo. Meus sonhos são a melhor parte do dia (ou da noite); mas quando acordo, lembro o quanto é impossível e espero ansiosamente pela próxima noite."

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Às vezes eu quero fugir...

De tudo e de todos.
Às vezes eu quero fugir de casa, da cidade, do país.
Às vezes eu quero fugir do mundo,
E às vezes de todo o mundo.

Às vezes eu quero fugir das pessoas que ferem meus sentimentos.
Às vezes eu quero fugir das pessoas que dizem "eu te amo" só para conseguir um favor.

Às vezes, também, quero fugir de quem me faz bem;
Porque a vida não pode ser um mar de rosas.

Mas durante todo o tempo em que não penso em fugir,
Quero estar perto de tudo e todos.

Quero estar com quem me faz bem, e com quem sem saber me faz mal também.
Às vezes não me suporto mais e ponho a culpa em você.
Mas não se preocupe, e por favor, não leve tão a sério...

Tem dias que nada me agrada, e nem que você fosse a melhor pessoa do mundo mudaria isso.

Apenas aproveite meus dias de bom humor...
Apenas me ature nos dias em que ninguém mais o faz.
E se não for pedir demais,
Me ame.
Porque eu te amo independente de tudo e de todos.
Porque eu te amo até no pior dos dias da minha vida.

Parvatí *

terça-feira, 31 de maio de 2011

Como se fosse o mais importante...

Como se fosse o mais importante passamos todos os dias buscando conhecimentos cada vez mais acumulados para uma prova ridícula de vestibular que sabemos fazer pela internet, mas ao chegar na hora, o nervosismo é tanto que nos impede de dizer quanto é 1 + 1.
Como se fosse o mais importante, passaremos os próximos dois anos estudando como loucos sem saber para quê, porque nenhum adolescente sabe realmente pra que serve o ENEM ou porque temos que fazer vestibular assim que saímos da escola.

Não estamos prontos! O Ensino Médio devia nos preparar, mas só me sinto cada vez mais despreparada. Ler os jornais e as revistas não basta, temos que conseguir interpretar cada jornal e cada revista e tirar nossas próprias conclusões, e temos que fazer isso com muita certeza, pois se conversamos com alguém que discorda, somos sempre crianças demais para entender as coisas. Mas na hora de estudar e passar para uma universidade, somos o futuro do país.
Que futuro é esse? Eu não estou preparada! Eu não quero assumir o futuro do mundo. Eu quero apenas ser uma criança, uma criança que pode pedir auxílio aos adultos quando tem dúvida. Uma criança que não precisa comandar nada nem ninguém. Uma criança que vive para ser feliz e é feliz para viver.

Eu preciso voltar a ser criança.

Alana Parvatí.

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Testes e mais testes !?!?!?!

Estou ficando loucaaa!!! Como alguém em sã consciência pode estudar tanto?? Preciso parar de dormir, preciso de mais tempo, preciso de um dia com 34 horas...

Quem consegue fazer 8 (oito) testes bem e entregar 4 (quatro) trabalhos bons em 5 (cinco) dias?????

Quero mais tempo, quero mais cérebro, quero mais disposição, quero mais perfeição...

Não quero colar em nenhum destes testes!!! E não vou.

Só preciso de mais paciência.

Alana Parvatí. (L)

segunda-feira, 16 de maio de 2011

->

Se em um acampamento parece que está tudo bem, é óbvio que você esqueceu de algo.

Ah, se todos seguissem isto...

Não devemos fazer mal aos outros só porque os outros nos fizeram mal, devemos ensiná-los a fazer o bem.

Vou fazer engenharia!

Hoje, dois representantes da faculdade da minha cidade foram lá na escola falar sobre suas profissões: A Valéria, contadora, e um senhor que por incrível que pareça não me lembro o nome, mas que é administrador.

Foram lá para explicar ao 3º ano (e o 2º também acabou assistindo) algo sobre suas carreiras. Conversa vai conversa vem, explicação pra cá explicação para lá, este senhor pergunta quem tem blog, e eu levanto a mão. Depois de perguntar a mais duas pessoas o endereço, ele perguntou o meu e eu disse "nemtudonomundoepoesia.blogspot.com" ele me perguntou:
- É concreto?
Eu com medo de perguntar o que exatamente ele queria dizer, mas já tendo uma noção, respondi que sim, e ele perguntou:
- Vai fazer administração ou engenharia?
E eu abismada disse que quero fazer engenharia ambiental.

Até agora quero saber como ele sabia disso apenas pelo nome de um blog!!

sábado, 14 de maio de 2011

Eu continuo tendo visões.

"Saí de casa à procura de ilusões,
Coincidências e confirmações...
Alguém com seu nome
Alguma lembrança..."

domingo, 8 de maio de 2011

terça-feira, 3 de maio de 2011

Perfeição

Nada é perfeito. Eu não sou perfeita. Você não é perfeito. Talvez você seja a melhor pessoa que eu conheci na vida, mas você não é perfeito.
Aliás, o que é perfeito? Às vezes tenho a impressão de que nem mesmo Deus é perfeito. Se fosse, agradaria a todos, e todos O louvariam. Mas isto não vem ao caso. O que realmente importa é que a perfeição só existe para contradizer a imperfeição.
Se tudo fosse perfeito, será mesmo que nos sentiríamos perfeitos? As pessoas são diferentes. Para mim, a perfeição é imperfeita, enquanto a imperfeição é o que há de mais próximo da perfeição.
Talvez haja sim a perfeição.
Talvez o mundo seja perfeito.

Talvez.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Como as pessoas de hoje em dia são influenciadas pelos lixo orgânico e reciclável?

A maioria das pessoas atualmente mente quando diz que se preocupa com o lixo: Em sua grande maioria, a população mundial é induzida a reduzir, reutilizar e reciclar, mas quase ninguém segue este esquema. Para muitas pessoas, o seu lixo não faz nenhuma diferença para o meio ambiente, já que é mais fácil admitir que as outras pessoas farão do que fazer a própria parte. Outro número significativo de pessoas diz que este é um assunto muito abordado nos últimos anos e que já está na hora de parar de falar e agir, mas não age por conta própria. Finalmente, pode-se observar dois pequenos grupos de pessoas que fazem alguma coisa para mudar a realidade mundial. Os catadores de lixo reciclável, apesar de serem tratados pela grande massa populacional como pessoas pobres sem nada mais para fazer, são responsáveis por mais da metade de materiais reciclados em todo o mundo. Há ainda as pessoas que têm um pingo de consciência e responsabilidade ambiental e para manter a cabeça limpa e poder dormir bem à noite reciclam seu lixo e separam o lixo reciclável.
Infelizmente, é verdade que o governo atualmente pouco ajuda com programas de reciclagem e reutilizagem de lixo inclusive orgânico.

domingo, 1 de maio de 2011

O que é mais difícil?

O que é mais difícil?
Ver o que eu tenho de errado
ou corrigir o que já vi?
Criar uma amizade verdadeira
ou mantê-la?

O que é mais difícil?
Falar o que é certo
ou fazer o que é certo?
Se arrepender de ter errado
ou corrigir o que errou?

O que é mais difícil?
Fazer as coisas
ou fazê-las certas?
Viver feliz
ou viver feliz e saudável?

O que é mais difícil?
Viver
ou conviver?
Crer
ou crescer?
ou amar?

O que é mais fácil?

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Resposndam:

"O que você faz quando
Ninguém te vê fazendo
O que você queria fazer
Se ninguém pudesse te ver?"

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Ontem no Soberbo.

Nem aqui que me parece o lugar mais bonito e inspirador para se escrever um livro, consigo escrever uma única frase que me dê vontade de publicar...

Acho que o próximo texto será perfeito, já que há muito tempo não consigo escrever nada, nem mesmo ruim. E já que nem no lugar mais belo e que me faz refletir sobre tudo, consigo escrever algo com 1/3 da beleza do lugar, É possível que em um lugar feio, não consiga transmitir 1/3 de sua feiura.

segunda-feira, 11 de abril de 2011

What's it like begin a teenager these days?

É complexo: Ao mesmo tempo que temos que tomar muito cuidado, muitos pais sequer sabem onde seus filhos estão, Há muita necessidade de estudo, mas não temos professores na escola e adoramos quando os que temos faltam. As músicas estão horríveis... Até o que era bom estamos conseguindo estragar. Hoje o adolescente vive numa sociedade extremamente capitalista e modista. O que passa na televisão é certo e ponto.
No Brasil, tudo o que é certo veio dos EUA. Os adolescentes têm vergonha de cantar o hino e hastear a bandeira nacional é pagação de mico!
Sem contar o amor. Ah, este já não existe. O lance agora é pegação. Vale mais ficar com 3 numa festa do que se apaixonar por alguém.
Enfim, hoje a adolescência é a fase da vida em que a pessoa mais tem que ser madura sem possuir maturidade.
E olha que eu nem falei do Vestibular...

Alana Parvatí. (L)

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Mais três dias de luto oficial.

Agora, por favor, alguém pode me dizer o que se passa na cabeça de um ser humano que entra numa escola primária e tenta matar todo o mundo, e depois como se nada melhor pudesse fazer, resolve se matar com um tiro na cabeça?
Todo o mundo por aí está dizendo que ele deve ir para o inferno, e que ainda bem que se matou. Claro que nada justifica o que ele fez, mas ninguém faz isso sem que pelo menos ache que tem um motivo. O que será ue esse cara sofreu para desejar tanto mal? Ninguém merece isso...

quarta-feira, 23 de março de 2011

Movimento Hora do Planeta.

Gente, está chegando dia 26/03! Não se esqueçam do Movimento "Hora do Planeta", onde várias capitais do mundo apagam as luzes por uma hora para ver melhor o planeta. Você também pode participar e incentivar amigos e parentes a participarem!
Será realizado neste sábado, dia 26/03, das 20:30 às 21:30 horas.

Mas lembre-se: não precisamos gastar luz nos outros dias só porque não são o dia do movimento. Nunca é ruim para se economizar luz. Ainda que você não ligue a mínima para o Planeta, pelo menos a sua conta de luz virá mais baixa.

Alana Parvatí. (L)

sábado, 12 de março de 2011

Números Altos

Uma hora e quatro minutos após um terremoto de 8.9 graus na escala Richter, passa pela cidade um tsunami de ondas com mais de 10 metros de altura e 700km/h. Mais de mil corpos já foram encontrados em menos de 24 horas do acontecido. E já que estamos falando de números, o eixo da Terra foi alterado em 25cm. Pode parecer cena de filme norte-americano, mas é a mais pura realidade. Não acredita? Pode pesquisar! Dia 11/março/2011, à tarde no Japão.
E quer saber? Isto me lembra uma coisa: toda a estrutura japonesa é preparada para terremotos - mas não há preparação que surta efeito para algo tão forte.
É isto o que estamos fazendo com o nosso Planeta ano após ano, dia após dia. Sabe aquele papel de bala que você sem querer deixou cair no chão e não se abaixou para pegar? Foi este papel que provocou as chuvas na Região Serrana do Rio de Janeiro. E o chiclete que você cuspiu no asfalto (afinal, petróleo no petróleo) foi que provou ondas tão grandes no Japão. Mas fique tranquilo, eu divido a culpa com você, e todas as pessoas nesse mundo dividem a culpa com você: cada qual do seu jeito, mas todos somos culpados.
Para mudar isto, precisamos unir forças para transformar o mundo. Pracisamos criar e participar ativamente de ONG's e outros movimentos que visem melhorar o mundo. Precisamos sonhar longe. Mas também precisamos ajudar por perto.
"Grandes atos são mais reconhecidos, mas não os alcançamos sem os pequenos".

Alana Parvatí. (L)

sexta-feira, 11 de março de 2011

Ajude!

Sabe como você pode ajudar o Planeta? Ajudando as pessoas que estão ao seu lado e sonhando em ajudar as pessoas que estão mais distantes.

-> Claro que ajudar às pessoas próximas é muito mais difícil...

Alana Parvatí. (L)

Japão.

Bem, vocês já devem ter visto o que houve no Japão hoje, mas como eu, ainda deve estar atônito e não deve ter entendido tudo direito.
Mas uma coisa eu notei bem: Mal escrevi dois ou três textos depois das notícias sobre a tragédia aqui no Rio e já estou pensando em que escrever sobre a tragédia do Japão. E surge novamente aquela velha dúvida. Onde o mundo vai parar? Quando é que nó - seres humanos - vamos nos tocar e perceber que tudo isto é culpa nossa? Que eu saiba nenhum outro ser vivo causou tantos problemas para um planeta do que nós causamos em tão pouco tempo.
Acabo de ler que as mortes no Japão já passam de mil enquanto nós estamos aqui do outro lado do mundo nos preocupando com as coisas mais fúteis. Pois é, isto foi no Japão, tão longe, e mesmo assim ali do lado.
E não se enganem, toda a costa do Pacífico está em alerta. Uma coisa desta magnetude não pode prejudicar apenas um país.

Imaginem agora, que o eixo da Terra mudou 25 cm . Alguém agora pode me explicar literalmente onde vamos parar? Se continuarmos assim, a rota do planeta será alterada o sufciente para que hajam coisas ainda mais terríveis que essas.

Não pode ser normal. Não consigo acreditar que as pessoas apenas olhem para a televisão e se surpreendam, e nos dias seguintes não façam mais nada, nem mesmo comentem o acontecido. Sei que isto realmente acontece, pois tenho muitos exemplos dentro de casa, mas sei também que EU não posso aguentar isso.

Estou decidida a seguir a profissão que mais possa ajudar o Planeta, mas antes disso, e antes de qualquer outra coisa, eu preciso, você precisa e todos precisamos ajudar o planeta.

Sabe como você pode ajudar o Planeta? Ajudando as pessoas que estão ao seu lado e sonhando em ajudar as pessoas que estão mais distantes.

Alana Parvatí. (L)

quinta-feira, 10 de março de 2011

(L)

"Escrevo sem pensar, tudo o que meu inconsciente grita. Penso depois: não para corrigir, mas para justificar o que escrevi" Mário de Andrade.


Antes não pensava no assunto. Hoje me preocupo.
Nossos pais e avós tiveram tanto trabalho para impor uma liberdade política para nós, e hoje a grande maioria dos jovens se importa somente com a moda. Vivemos na chamada ditadura da moda.
Nossos pais lutaram contra o Estado para nos dar a LIBERDADE e nós a recebemos com o pedido de uma nova ditadura! Isto não pode estar certo. Isto não é progressão! Então é verdade, nós estamos regredindo, não é?
Alguém aqui também parou para se perguntar se podemos fazer alguma coisa diferente do que os garotos da Capricho ou sei lá, as menininhas da Disney?
Eu já não aguento mais viver como escrava da televisão! E como se não bastasse, agora tudo o que já foi bom virou lixo!
sinto vontade de ir conversar com meus pais e dizer:
- Pois é, sabe tudo aquilo que vocês fizeram de bom para nós? Estamos estragando tudo. Nem mesmo a música a minha geração é capaz de manter boa. Aliás, muito menos a música. Ora, vocês não sabiam? Todas aquelas boas músicas da sua geração, as pessoas regravam para fazer o maior lixão possível.
É, seria uma conversa interessante!
- Mas pai, não precisa se preocupar, não é só com a sua querida música, a política também esta uma merda!... É pai, eu sei que a política sempre foi uma merda, mas no seu tempo, os jovens iam para as ruas fazer manifestações e ganhavam poder! Vocês ERAM o futuro do país! Nós não; nós se muito, somos o fim do pais, mas eu prefiro a teoria do fim do mundo.
-Calma pai, não precisa ter um ataque, eu sou CONTRA isso tudo! De mim e do meu irmão você pode ter orgulho. Nós vamos fazer deste mundo o melhor que pudermos! E desta casa e desta vizinhança também! A minha vida VAI ser a melhor que eu puder!

A minha vida vai ser uma vida.

Alana Parvatí. (L)

segunda-feira, 7 de março de 2011

A Pata da Gazela.

"Coitadas! não sabem que o leão viu a pata da gazela e fareja-lhe o rastro. Que lhe importam as garras da pantera?"

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Para me amar

Se quiser me amar,
Ame agora: não suporto
esperar por alguém que
nunca vai chegar.

Tenho pressa, portanto:
se quiser me amar,
não se faça de louco.
Também não é para tanto!
Não quero um cérebro oco.

Se quiseres me amar,
me dê a lua, e as estrelas,
e também me dê o mar.

Se quiseres me amar,
faça o que eu desejar.
Mas cuidado para não me mimar,
ainda tens tua vida para levar!

(L)

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Mais do que justo com a prefeitura, mas injusto com a população:

"Houve hoje uma reunião a portas fechadas já no final desta noite com um membro muito importante da Cruz Vermelha Brasileira (CVB) cujo nome não vou revelar. Ele já trabalha há mais de trinta e três anos em todos os tipos de catástrofes em todas as partes do mundo incluindo a guerra da Bósnia, o terremoto do Haiti, etc.

É ele que coordena as atividades da CVB brasileira nestes locais e também da CVB internacional. Para vocês terem uma idéia, ele havia voltado de uma extenuante viagem de 22 horas desde a Rodésia só para estar ali conosco e avaliar a situação na região serrana. Ele disse que nós não tínhamos noção da catástrofe que havia ocorrido:

"Vocês nunca tiveram oportunidade de testemunhar catástrofes mundiais e por isso é natural que sejam incapazes de avaliar a extensão dos danos aqui ocorridos”.

Devido a décadas de experiência de campo e de levantamento de áreas de desastre, posso seguramente, afirmar que somente aqui no município de Teresópolis o número de mortos soterrados de longe ultrapassa a casa dos 6.000.

Na região serrana ao todo o número de mortos deve facilmente chegar a mais de 12.000 pessoas.

No Brasil, vocês nunca lidaram com catástrofes naturais de grandes dimensões, daí a falta de preparo e de noção do que realmente se passa. Pelo quadro vigente no Haiti, vocês podem contabilizar as milhares de pessoas que já morreram de febre tifóide.

Não importa se sejam os brancos loiros de olhos azuis da Bósnia-Herzegovina ou os negros suados do Haiti ou os habitantes de Teresópolis. Todos os corpos que necropsio fedem e estão imundos.

Morto não tem raça, ou status social. Todos os corpos apodrecem e se decompõem. São mais de 6.000 corpos nos leitos dos rios, nos mananciais e nas suas margens, enterrados a vários metros de profundidade.

Haverá inúmeras epidemias daqui há algumas semanas surgindo primeiramente de forma discreta e depois se alastrando pelas cidades supridas por essas águas. A falta de experiência do Brasil e dos brasileiros em termos de dimensões de catástrofes levam a estas estimativas ingênuas do que realmente aconteceu.

Em qualquer outro país civilizado, o procedimento correto seria o de declarar lei marcial e exigir intervenção federal nesta situação. A própria viabilidade e existência destas cidades será posta à prova nos meses que virão na medida em que a população começar a adoecer.

Quanto ao prefeito da cidade, ele é um bandido, um crápula, que precisa ser acionado judicialmente, preso e condenado por crime contra a humanidade. Há dezenas de equipes especiais de resgate aqui conosco como as de Santa Catarina, Santos e São Paulo e a prefeitura se recusa a usar os seus profissionais para as missões de resgate.

A CVB é um órgão de assistência emergencial e vocês já passaram da fase de emergência e estão exercendo um papel assistencial. Isto não é de competência da CVB.

O prefeito de Teresópolis desacatou a CVB e por conta disso, ao desacatar a autoridade da CVB cometeu um ato infracional. O seu prefeito deve ser preso por crime contra a humanidade. Muitas pessoas ainda irão morrer nos próximos meses devido as doenças que irão se disseminar.Entendam que a CVB está sendo utilizada como manobra política e a isso não nos subteremos. Estou declarando que a partir de hoje se dão por encerradas as atividades da Cruz Vermelha em Teresópolis.

Todos os mantimentos, água e remédios deverão ser doados à população carente desde que comprovem a baixa renda. Não tenham tanta certeza de que o acidente de helicóptero que acometeu o chefe da CVB de Teresópolis tenha sido um mero acidente.

Não podemos ter garantia de nada. Portanto declaro encerrado as atividades da CVB de Teresópolis a partir de agora. Sabemos do espírito altruísta de todos os senhores mas como dizemos no meio militar - "Excesso de vibração mata".

Peço que interrompam as suas atividades a partir de hoje pois dezenas de órgãos governamentais por trás de vocês estão ganhando verbas assistencias de milhões de reais para não realizarem o trabalho que vocês estão fazendo voluntariamente de graça.

O prefeito desta cidade deve receber prisão civil por ato infracional e será apenas uma questão de poucos meses para que as cidades das regiões serranas se tornem regiões doentes caso não seja coordenado um esforço conjunto sério para a remoção destes milhares de cadáveres se decompondo nos rios que suprem estas cidades"."

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Odeio quando meu coração vira manteiga!

Tem pessoas que realmente mexem com os nossos sentimentos... Queria eu que essas pessoas pelo menos percebessem quando o fazem.

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Notícias??

Se tiverem notícias; qualquer notícia atualizada, comentem aqui.

Alana Parvatí.

Última da Prefeitura de Teresópolis: (SÓ DIVULGANDO)

OLa
Última da prefeitura de teresopolis (prefeito Jorge Mario PT): A CRUZ VERMELHA FOI EXPULSA DE UM GALPÃO AQUI DE TERESOPOLIS ONDE ESTAVAM DANDO ATENDIMENTO DE SOCORRO AS VITIMAS.
outra: as igrejas estão servindo de abrigos para os desalojados e desabrigados A PREFEITURA ACABOU DE MANDAR FECHAR TODAS AS IGREJAS E AS PROIBIU DE ATUAREM COMO ABRIGO E DE RECEBEM DOAÇÕES!!!!!!
Vc se esfola, nao dorme corre pra todos os cantos para ajudar e vem um infeliz de um prefeitinho comandante da FOGUEIRA DAS VAIDADES e DAS MALDADES e ARRASA COM QLQER AUXILIO voluntário.
A INDIGNAÇÃO É RETUMBANTE, NINGUEM CONSEGUE ACREDITAR NO Q ESTÁ ACONTECENDO. A CRUZ VERMELHA teve q se alojar na Igreja Santo antonio, no Alto, por isto um dos motivos (?) da proibição das igrejas atuarem como abrigos.
No caso de declaração de estado de emergência não há a necessidade de licitação para compras pelo poder publico: com isto o prefeito ja declarou q adquiriu 2 toneladas de remedios q ninguem sabe quando vai chegar, e nem onde foram compradas, e se vao chegar.
Mais uma: os moradores isolados da Granja Florestal, Salaquinho, Corrego dos Principes e do Salaco, todos vizinhos, estão de maneira artesanal (mãos, pá, baldes, etc) tapando as crateras Q SE ABRIRAM impedindo qlqr comunicação foram PROIBIDOS DE continuar tentando se salvar. Alguns motoqueiros não quiseram saber o q manda a prefeitura e estão atravessando pelo mato e levando ajuda. Sei q estamos vivendo um grande pesadelo, mas não precisamos de um Hitler comandando as execuções. Tenho vontade de parar, de ir embora, vontade de esganar, de torturar esse prefeito.
Vejam nos jornais da TV, aqui as TV locais estão botando a boca no trombone.

Corrente de solidariedade!


Como todos já sabem, as cidade atingidas pelas chuvas na Região Serrana do Rio de Janeiro estão recebendo ajuda e doações de várias partes do país. Já soube também de doações que vieram dos EUA!

Não são poucas doações, mas uma grande dificuldade ainda é chegar aos bairros atingidos para resgatar e desenterrar as pessoas.

A Cruz Vermelha tem feito um ótimo serviço e tem ajudado muitas famílias, mas toda ajuda será bem-vinda.

Agora, pensem bem: Quase todo o mundo doa roupas, mas isso no momento é o que menos precisam em Teresópolis. As pessoas pegam roupas e podem lavá-las, apesar de a água sem pouca. Na verdade, agora as pessoas estão precisando de doações de alimentos não perecíveis e material de higiene, que ao serem usados, não podem ser reutilizados.

Chuvas na Região Serrana/RJ (DOAÇÕES)

Gente, tenho ido ajudar a separar material de higiene na cidade de Teresópolis e estamos precisando de esponja de aço, sabão em pó e sabão em barra. Não estamos mais precisando de muito detergente: Já tem várias caixas amontoadas.

Fiquei sabendo também que estão precisando de mais doação de alimentos não perecíveis, água potável e vela.

NÃO ESTÃO MAIS PRECISANDO DE ROUPA. As roupas doadas já são tantas, que os voluntário nem estão dando conta de separá-las!!

Mas ainda lembro: VAMOS CONTINUAR A AJUDAR AQUELES QUE PRECISAM! e NÃO VAMOS ESQUECER DE CUIDAR BEM DA NATUREZA, EM QUALQUER PARTE DO MUNDO, PARA QUE ISSO NÃO VOLTE A SE REPETIR!


Todos agradecem.

Alana Parvatí.

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

19 de janeiro de 2011 -> Vamos ajudar!

Certo, já decidi que vou ajudar, mas não sei ainda dias nem horários.

Espero ir amnhã para a Igreja de Santo Antônio para ajudar na separação de roupas doadas, porém não sei ainda o horário.

Fiquei sabendo pela televisão que neste domingo foi programada uma caminhada para arrecadar todo tipo de mantimentos. Pretendo ajudar nisto também.

O que mais me assustou até o momento é a quantidade de adolescente ajudando e as formas com que o fazem: fiquei sabendo de fontes seguras que há adolescentes desenterrando corpos de crianças soterradas...

Não acredito que o prefeito expulsou o responsável pela cruz vermelha apenas por causa da religião...

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Sobre 12 de janeiro de 2011

Céu e mar tão próximos ao horizonte
Que até o sol parece não notar a diferença.
A areia da praia se estende ao longe
E fico pensando na imensidão do mundo.

Mas não tenho muito tempo pois assim que abro os olhos a realidade se revela e tudo se torna muito obscuro.
Os pássaros param de cantar e a cidade cai em lágrimas.

Ligo a televisão e vejo a notícia:
A região Serrana do Rio de Janeiro foi atingida pela natureza em sua fase mais revolta.
Mais de 600 mortos e muitos desaparecidos. Crianças, adultos, todos sofrem.
Começa uma enorme rede de solidariedade. Pessoas de todo o país se reúnem para ajudar, mas continuam a desrespeitar a natureza, sem perceber que podem ser os próximos. Afinal, tudo parece perfeito ao assistirmos o gigante de fogo se pôr lá no horizonte; distante de tudo por aqui.